publicidade
 
Tamanho da fonte: A- A+
Imprimir notícia
 
07.12.2017 - 10h16 Por Notícias de Mineração Brasil
 
Eternit paralisa atividade da Sama Mineração
 
 
Eternit paralisa atividade da Sama Mineração
Eternit paralisa atividade da Sama Mineração
 

A Eternit, proprietária da Sama Mineração, anunciou na última terça-feira (5) a paralisação das atividades da mineradora e da fabricante de telhas de fibrocimento, Precon Goiás. A decisão da Eternit acontece menos de uma semana depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) proibir o uso e comercialização de amianto crisotila no país, substância que é produzida pela Sama Mineração.

A companhia afirma que a paralisação ficará em vigor até uma decisão definitiva sobre a questão do amianto. "A Eternit acompanhará eventuais embargos de declaração que poderão ser opostos pela entidade representativa do setor para, posteriormente, se posicionar de forma definitiva sobre a consequência de tal decisão nas atividades da companhia", diz a empresa.

As outras unidades que fabricam telhas seguem operando normalmente, utilizando fibra sintética de polipropileno produzida pela unidade de Manaus.

A Eternit disse que vai esperar até a decisão final do STF, após eventuais recursos, para se posicionar de forma definitiva sobre a "consequência de tal decisão nas atividades" da empresa.

Na semana passada, o plenário do STF decidiu proibir a extração, industrialização e comercialização do amianto variedade crisotila, produto largamente utilizado no país na fabricação de produtos para construção civil como telhas e caixas d'água. Críticos ao uso do amianto alegam que o produto pode apresentar risco para a saúde humana, tendo até mesmo potencial cancerígeno.

Ainda na última semana, a Eternit informou que deixará de usar amianto na produção de telhas até dezembro de 2018. A companhia afirmou que vai substituir a utilização do amianto crisotila por fibras sintéticas, na produção de telhas de fibrocimento.

A produção de fibras de amianto crisotila, também chamado de asbesto branco, pela Sama continuará normalmente e, segundo a empresa, vem sendo gradualmente direcionada para o mercado externo, atendendo clientes em outros países que permitem o produto, como Alemanha, Estados Unidos e Índia, por exemplo. Com informações da agência de notícias Reuters.

Publicidade

 
Mais notícias
 
25.05.2018 - Copa do Mundo: Participe do Bolão do Índio Tapuia
 
25.05.2018 - Caixas eletrônicos podem ficar sem dinheiro na segunda
 
25.05.2018 - TSE define divisão de fundo eleitoral por partido
 
25.05.2018 - Apesar de acordo em Brasília, caminhoneiros mantêm paralisação nas rodovias baianas
 
25.05.2018 - Obras em 2019: UNEB Campus XX finalmente terá sede própria em Brumado, diz diretora
 
 
12.05.2018
Forró do Gole 2018 - Parte 1
12.05.2018
Forró do Gole 2018 - Parte 2
08.05.2018
Emoção e equilíbrio marcam as finais da Copinha sub 11 e Super Master
05.05.2018
Primeira Infância no SUAS realiza sessão de maquiagem em mulheres referenciadas no programa
02.05.2018
Malhada foi beneficiada com um pacote de ações
28.02.2018
NUDEPHAC fiscaliza patrimônio histórico e cultural de Caetité
20.01.2018
BARAGEM - ESQUENTA DA LEP 2018
20.01.2018
Cortejo e Pio na LEP 2018 - Parte 1
 
publicidade
publicidade
publicidade
 
 
Inicial | A cidade | Equipe | Notícias | Eventos | Ensaios | TV Caetfest | Contato | Webmail
CaetFest © 2004-2018. Todos os direitos reservados. Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções Internet